Livros de Olga TessariSite AjudaEmocional.com de Olga Tessari Conheça Olga Tessari
Site Exclusivo e Oficial da Psicóloga, Psicoterapeuta, Consultora Comportamental, Pesquisadora e Escritora Olga Tessari
Você está ansioso, estressado, inseguro, com medos ou baixa autoestima? Terapia focada na solução do problema!

Veja outros textos para leitura e vídeos no final da página

Trabalho de Olga Tessari em seu consultório

1. Por que a senhora escolheu se especializar no tratamento de mulheres traídas?

Dra Olga Tessari: Na verdade, como a maioria das pessoas que me procura é do sexo feminino, acabei me especializando em mulheres e o tema traição faz parte do contexto delas, sendo elas as traídas ou as traidoras, o que não quer dizer que eu não trabalhe com homens também.


2. Qual a variação de idade de seus pacientes?

Dra Olga Tessari: Desde os mais jovens (em torno de 18 a 25 anos) até os da terceira idade (a pessoa de mais idade que me procurou tinha 72 anos na época)

3. Quais as características mais peculiares dessas pessoas ? E em que estágio procuram sua ajuda?

Dra Olga Tessari: Todas se sentem traídas em sua confiança pelo parceiro(a) e ficam se perguntando se tem culpa e o que foi que fizeram para que seu parceiro(a) as tenha traído. Dificilmente admitem que a culpa seja do cônjuge ou de ambos.


4. Qual a forma de tratamento aplicado ?

Dra Olga Tessari: Psicoterapia breve, uma vez por semana, com 50 minutos de duração... prazo de tratamento por volta de 3 a 6 meses.


5. Na maioria das vezes qual o motivo que essas pessoas atribuem a traição de seus companheiros?

Dra Olga Tessari: Como eu disse acima, elas ficam procurando em si mesmas as causas..." o que foi que eu fiz? sempre fiz de tudo por ele!" Não conseguem entender o que os levou a traí-las uma vez que elas acham que fazem de tudo por eles...


6. De que forma o paciente reflete seu problema, com os amigos e família ?

Dra Olga Tessari: Como sua auto estima diminui drasticamente, foge do convívio familiar e social, isola-se e chora muito, é comum o paciente entrar em depressão.


7. Quando descoberta a traição, é comum a mulher continuar com a outra pessoa ?

Dra Olga Tessari: Em geral, sim, por causa da necessidade de segurança financeira, principalmente se ela não trabalha fora... mas como a maioria hoje em dia tem condições de se sustentar sozinha, é comum não aceitar a traição e pedir a separação (se for por este motivo). Mas, muitas vezes, ela mantém o casamento por causa dos filhos, por temer o desconhecido, por ter que cuidar de si mesma sozinha (algo que ela costuma delegar ao marido/parceiro), por ter que assumir sozinha a responsabilidade de sustentar-se e de educar os filhos, etc...


8. Até que ponto uma pessoa pode chegar quando ciente da traição ?

Dra Olga Tessari: Tudo vai depender da personalidade da pessoa e de como ela lida com esta situação...já tive casos em que ela, ao saber da traição, tentou esfaquear ou agredir o parceiro (por se sentir extremamente ofendida/magoada) e, no outro extremo, "fazem de conta" que nada está acontecendo...


9. Qual o caso mais corriqueiro, a traição entre namorados ou casais já estabilizados?

Dra Olga Tessari: A traição pode acontecer a qualquer momento, em qualquer dos casos... no caso de namorados, como ainda não há um vínculo profundo, pode acontecer de a pessoa trair porque está ainda procurando ou experimentando novos relacionamentos. Em casais estabilizados, passada a fase do novo, da vã tentativa de "mudar" o parceiro, ao se perceber que ele(a) não corresponde exatamente àquilo que se esperava, é comum buscar uma outra pessoa fora da relação para preencher lacunas e vazios deste relacionamento.


10. Por quais meios a pessoa fica sabendo da traição?

Dra Olga Tessari: Vários... através de cartas, telefonemas anônimos, e-mails, celular ou mesmo porque o parceiro deixou pistas muito visíveis: celular que toca em horas impróprias e ele vai conversar escondido, extrato do banco indicando gastos que não estavam no orçamento, camisa suja de batom, o fato do parceiro chegar tarde em casa ou mesmo ficar irritado com cobranças dela com as quais ele antes não se importava, etc...ela começa a ligar certos fatos e desconfia... daí é uma questão de tempo para confirmar o que já suspeitava... algumas pessoas desconfiam quando o parceiro não as procura para manter relações sexuais.


11. Em média quanto tempo é necessário para o paciente se recuperar ?

Dra Olga Tessari: Tudo vai depender de cada caso! Há pacientes que se recuperam rápido, outros que levam anos para se recuperar: em média, de 6 meses a um ano.


12. As pacientes mulheres que são traídas tem uma vida profissional ativa ou são na maioria donas de casa?

Dra Olga Tessari: A traição independe do fato delas trabalharem fora de casa ou não.


13. Existe algum conselho especial para a pessoa que foi traída?

Dra Olga Tessari: Em primeiro lugar, dialogar com o parceiro para tentar entender esta traição, quais teriam sido os motivos para isso... e depois, refletir se ela terá condições emocionais de perdoar a traição, caso queira manter este relacionamento... muitas vezes, um acompanhamento psicológico é necessário para auxiliar nesta reflexão de se manter ou não o relacionamento porque, devido ao fato dela estar muito afetada/abalada com a traição e não ter condições, neste momento, de uma reflexão adequada.


14. O quanto e como mexe com ego de uma pessoa a traição?

Dra Olga Tessari: Depende do valor que a pessoa atribui ao parceiro que trai... se ele tem um grande valor para ela, se existe um vínculo forte, é comum haver uma queda drástica na auto estima com depressão, obesidade ou mesmo anorexia... se a pessoa que trai tem pouco valor, a dor e o sofrimento serão bem menores, de muito menor intensidade.


15. Existem casos em que a mulher sabe da traição e continua o relacionamento e acaba se anulando. Quais são os principais motivos para continuar este relacionamento?

Dra Olga Tessari: Na maioria das vezes, por uma necessidade financeira, pelo status adquirido, por medo de dilapidar o patrimônio, por causa dos filhos, pelo medo de enfrentar a vida sozinha...


16. As mulheres de hoje tem muita dificuldade em construir um relacionamento? À que se deve essa postura ? Está relacionado com o medo da traição ?

Dra Olga Tessari: A dificuldade de construção de um relacionamento independe do sexo... as pessoas, em geral, desejam se relacionar, vivem em busca do parceiro ideal... se existe o medo de se relacionar por parte de algumas pessoas, provavelmente ele se deva por uma infinidade de fatores, mas não necessariamente por causa do medo da traição...pode ser por medo de não dar certo, por medo de perder a liberdade adquirida, por medo de não conseguir manter economicamente uma casa e família, etc...

Matéria publicada no site da Faculdade Anhembi-Morumbi por Janaína Felice Raimundo em 2001

- Leia outros textos relacionados ao tema: Problemas de Relacionamento - Mulher - Pais e Filhos - Adolescência - Ansiedade - Autoestima - Medos

Palestras e cursos com vários temas de interesse podem ser criados especificamente para o seu grupo!

- Tratamento Psicológico para a ansiedade, autoestima, medos, insegurança, ciúme - saiba mais!-

- Vídeos sobre Ansiedade - Medos - Autoestima - Estresse - Timidez -

- Vídeos sobre Problemas de Relacionamento -

facebook . twitter . linkedin . google

Leia os livros:

Amor X Dor
Dirija sua vida sem medo


Assine o livro de visitas

Patrocine o site!

Conheça Olga Tessari

AJUDAEMOCIONAL.COM - Site de informação, divulgação e de orientação sobre problemas do ser humano de origem emocional, respaldado em pesquisas científicas. As informações contidas nesse site têm caráter educativo e informativo e não descartam, em hipótese alguma, as consultas com um psicólogo ou um médico. Leia: Normas de Conduta - Política de Privacidade


ATENÇÃO! Todo o conteúdo desse site está registrado e protegido pela lei de direitos autorais. A cópia sem autorização é crime sujeito às penas da lei: não seja o próximo a ser processado judicialmente! Proibida a reprodução integral ou parcial, para uso comercial, editorial ou republicação na internet mesmo que citada a fonte (Inciso I Artigo 29 - Lei 9610/98). Quer publicar ou copiar os textos do site? Fale comigo


OLGA TESSARI não tem equipe, trabalha sozinha! Seus sites:
www.ajudaemocional.com - www.ajudaemocional.net - www.olgatessari.com - http://ajudaemocional.tripod.com - www.olgatessari.com.br


OLGA TESSARI não patrocina, não apoia e nem indica o kit ajuda sentimental ou qualquer outro similar - saiba a visão dela sobre isso!


Consultório: Rua Costa Aguiar, 1810 - Ipiranga - São Paulo - SP - Brasil / Tel (11) 2605-6790 / Cel: (11) 99772-9692
Mapa de localização - Formulário para contato


Copyright ©® 2001-2014 Olga Inês Tessari - Todos os direitos registrados
Não procure nos livros a razão do brilho das estrelas: olhe para o céu!