• 05 fev 17

Ter amigos é fundamental

Somos seres sociais, precisamos estar em grupos, ter amigos!

Por: Olga Tessari
  • Ter amigos é fundamental!

     

    Amizade é importante para as pessoas!

     

     

    Ter amigos é fundamental nas várias fases da vida!

     

    Entrevista com © Dra Olga Inês Tessari

     

    Ter amigos é fundamental. Se é verdade que o ser humano gosta de ficar sozinho às vezes, é muito melhor estar em companhia de quem ele gosta – e de quem goste dele. E este é um bom momento para refletir sobre a importância de quem divide conosco os bons e maus momentos. Afinal, o Dia Internacional da Amizade é comemorado em 20 de julho e serve para fazermos um balanço de como anda nossa vida nessa área.

     

    “O ser humano é um ser social e, portanto, precisa estar em grupo”, explica a psicóloga e escritora Olga Inês Tessari. Para ela, é fundamental que o ser humano conviva com pessoas que gostem das mesmas coisas, tenham interesses comuns, que gostem dele e de quem ele goste.

    “Isso provoca a elevação da autoestima e faz você crescer como ser humano”, acrescenta a profissional, que mantém o site Ajuda Emocional. “Uma série de coisas você aprende estando com seus amigos.”

    A amizade tem significado diferente de acordo com cada fase da vida. A criança, por exemplo, está descobrindo o mundo e tem tudo para aprender. “Estar com outras crianças é uma forma melhor de realizar essa descoberta, porque ela vê o que as outras estão fazendo”, afirma.

    Já na adolescência, fase em que começa a ganhar independência, a necessidade é de se encaixar numa tribo. “Com os amigos, ele começa a descobrir quem ele é”, diz Olga. Nessa fase, é comum o adolescente passar por vários grupos até descobrir em qual ele se encaixa melhor.

    Na fase adulta, o ser humano precisa de pessoas afins para trocar idéias – e um bom conselho é nunca se afastar delas. “É comum a pessoa se casar e se isolar do grupo, mas isso é um erro”, adverte a psicóloga. Ela corre o risco de exigir tudo de uma pessoa só.

    Olga Tessari cita o exemplo de uma mulher que gosta de novela e se afastou das amigas. Se quiser falar de novela com o marido, provavelmente vai criar um atrito – e é o acúmulo de atritos que acaba causando a separação. “Até para preservar a relação, é importante que o marido mantenha seu futebol ou sua happy hour e a mulher continue se relacionando com suas amigas”, aconselha.

    A psicóloga considera que é na terceira idade que o ser humano, mais do que nunca, precisa dos amigos. “É uma fase em que você perde muitas pessoas, é a idade das perdas”, relata. Nessa fase, as pessoas ficam mais sujeitas à depressão, e um bom antídoto para isso é a amizade.

    “As pessoas criam novos laços que compensam as perdas”, argumenta. É por isso que os grupos de terceira idade fazem tanto sucesso. “Eles fazem com que a pessoa se sinta viva: ela se importa com outras pessoas e vê que outras se importam com ela.”

    Enfim, cultivar as amizades é fundamental em qualquer fase da vida, seja para compartilhar interesses, buscar apoio, crescer como pessoa ou simplesmente driblar a solidão. Portanto, não desperdice a chance: o Dia da Amizade é mais uma oportunidade para você dar um abraço de amigo em quem você gosta.

     

    Matéria publicada no site Bradesco Vida e Previdência em maio/2009