• 19 fev 17

Amor não supera tudo!

É possível ser feliz para sempre? Como manter uma relação feliz?

Por: Olga Tessari
  • O amor não supera tudo

     

    Entrevista com © Dra Olga Inês Tessari

     

    O amor não supera tudo.  É possível ser feliz para sempre, até que a morte os separe? 

     

    Segundo dados do IBGE ( Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), foram registrados 95,9 mil caso de divórcios no país em 1994, contra 94,8 mil em 1993. Esse aumento revela que o “felizes para sempre” não acontece na prática. Desiludidos, os casais não têm mais a necessidade de casar para ficarem juntos, como afirma outro estudo do IBGE que diz que entre a década de 80 e 90 o número de casamentos realizados baixou de 948,2 mil para 775,2 mil.

    O fim do casamento é, na maioria das vezes, doloroso. O casal sofre, os filhos sofrem, e o sentimento de incapacidade de ser feliz e manter um relacionamento, muitas vezes também faz companhia ao casal. A Dra. Olga Inês Tessari* afirma que o divórcio acontece por falta de aceitação das diferenças, idealização do companheiro e por imaturidade emocional.

    Casais divorciados dificilmente têm bom relacionamento, e a briga na justiça por bens, pensão, filhos, só piora o desentendimento. Embora pareça inacreditável, existem pessoas – em especial mulheres – que são violentadas física e moralmente, porém mantém o casamento por medo, insegurança, falta de autoestima e problemas financeiros.

    A Dra.Olga Tessari afirma que para manter um relacionamento saudável o diálogo é fundamental: “O amor supera algumas barreiras, não todas. Não é o amor, mas o diálogo que vai determinar quais as barreiras que serão superadas”. Aprender a dialogar nem sempre é fácil. Muitas pessoas foram educadas para permanecerem caladas e a adaptação pode ser difícil, mas é sempre favorável.

    *A Dra. Olga Inês Tessari é psicóloga, psicoterapeuta, escritora, pesquisadora, consultora e palestrante. Para mais informações acesse o site: www.olgatessari.com

     

    Matéria publicada no site Tudo em Casa por Lígia Ruy em 14/09/2007