• 25 fev 17

Comer alivia a ansiedade?

Por que escolhemos alimentos altamente calóricos para comer quando estamos ansiosos?

Por: Olga Tessari
  • Comer alivia a ansiedade?

    Comer demais pode ser um indício de ansiedade?

     

    Entrevista com © Dra Olga Inês Tessari

     

    Ansiedade

    Quando encaramos situações novas e desconhecidas, que nos parecem assustadoras, ou mesmo quando somos submetidos a pressões que imaginamos não sermos capazes de corresponder, surge a ansiedade.

    Muitas vezes,  a ansiedade se manifesta como uma fome inexplicável, uma enorme sensação de vazio, e pode acabar com qualquer dieta. Mas lembre-se de que a comida não é remédio para a ansiedade.

    A ansiedade apresenta-se como uma aceleração e excitação da mente, uma sensação desagradável de apreensão que, em geral, vem acompanhado de alguns sintomas físicos, como aperto no peito ou na garganta, vazio no estômago, taquicardia, sudorese, agitação, dor de cabeça, falta de ar, dificuldade em ficar parado, entre outros.

    A ansiedade é um sinal de alerta que mostra quando algo não vai bem. Geralmente está ligada ao medo e à angústia. “Quando estamos com expectativa de algo, com muita tensão, o organismo produz substâncias (como a adrenalina) que nos deixam ‘elétricos’. Então cria uma energia e o sangue circula rapidamente, se concentrando nas pernas e nos braços, como se fosse para nos dar força para conseguirmos lutar (agir) ou fugir da situação que sugere ‘perigo'”, revela Olga Inês Tessari, psicóloga e psicoterapeuta.

    Nesses momentos de ansiedade, quando o organismo secreta essas substâncias e não reagimos, o nível de ansiedade cresce e extrapola, podendo causar alguns sintomas físicos como tremor, suor, taquicardia e insônia. “Para abafar os efeitos da tensão, a pessoa pode beber, comer ou tomar calmantes, na tentativa de anestesiar o problema”, conta Olga Tessari.

    Ao comer, por exemplo, o organismo libera substâncias para iniciar a digestão que provocam a sensação de relaxamento. Quanto mais difícil a digestão, maior a quantidade dessas substâncias. “Por isso, nem sempre é suficiente comer algo leve, como uma saladinha, mas sim carboidratos e gorduras”, diz a psicoterapeuta.

    Então, comer alimentos calóricos acaba sendo o primeiro impulso diante da ansiedade.

     

    Matéria publicada no Fotolog Terra Schon em 02/08/2006