• 04 fev 17

TPM: transtorno pré-menstrual

Fase em que a mulher fica mais sensível, prejudicando o convívio afetivo, social ou familiar.

Por: Olga Tessari
  • TPM: transtorno pré-menstrual

     

    TPM: entenda o que acontece com seu corpo e supere os sintomas horríveis da TPM

    TPM: transtorno pré-menstrual. O que é?

    Entrevista com © Dra Olga Inês Tessari

    Além dos incômodos físicos que acontecem a mulher dias antes da menstruação, as alterações hormonais ainda interferem no seu humor e na forma como se comporta.

    “Na fase da TPM, a mulher torna-se mais sensível, o que colabora para exacerbar qualquer problema que já existia antes. Por exemplo, se ela está estressada, seu nível de estresse se eleva ainda mais nessa fase”, esclarece a psicóloga e psicoterapeuta Olga Inês Tessari.

     

    O que fazer?

    De acordo com a Dra. Olga Tessari, o primeiro passo é identificar quando os sintomas desencadeados pelo transtorno pré-menstrual (TPM) passam a prejudicar o convívio afetivo, social ou familiar, e buscar ajuda especializada. “A mulher deve procurar auxílio psicológico para entender os fatores emocionais que a deixam tensa e assim aprender a superá-los”

     

    O tratamento

    Para acabar com as variações no comportamento, a mulher precisa conhecer mais sobre si mesma. Deve compreender seu corpo, os seus sentimentos, os problemas do dia-a-dia e como eles afetam o seu equilíbrio emocional. “Se ela está bem emocionalmente, lidará melhor com os sintomas físicos provocados pela TPM e seu comportamento não será tão afetado” esclarece a Dra. Olga Tessari.

     

    Como ajudar a mulher com TPM?

    Segundo Olga Inês Tessari, é preciso evitar alimentar qualquer tipo de conflito e não levar tão a sério o que a mulher fala, exige ou critica, tendo a consciência de que tanto o humor quanto o comportamento dela voltarão ao normal assim que ela menstruar. “O melhor é esperar essa fase passar, evitando entrar no jogo das discussões e conflitos que certamente a mulher irá provocar”, finaliza a psicóloga.

     

    Dica:

    Boa alimentação, noites de sono tranqüilas, atividades físicas regulares, tempo para o lazer e equilíbrio emocional são outras atitudes fundamentais para prevenir ou diminuir os sintomas da TPM.

    Matéria publicada na Revista Saúde Todo Dia – Ano 1 N° 1 – 2008 por Leire Bevilaqua