• 18 jun 17

Autoestima alta no trabalho

Autoestima alta traz melhoria do desempenho profissional e da relação com os colegas de trabalho.

Por: Olga Tessari
  • Mantenha a autoestima elevada no trabalho!

     

    Quando a autoestima é alta, o colaborador fica mais focado no trabalho e melhora seu relacionamento com os colegas

    Entrevista com Olga Tessari

     

    Ter uma boa autoestima faz bem à pessoa. E isso automaticamente é transmitido à vida profissional. O ambiente de trabalho fica mais leve, o que favorece as relações interpessoais. “Quando a pessoa está bem, ela tem um foco maior nas atividades, o que melhora a produtividade”, explica Olga Tessari, consultora comportamental. Para ela, a autoestima também colabora para haver respeito mútuo e faz com que cada funcionário fique mais seguro de si.

    Já quando a estima fica baixa, os efeitos são contrários. Olga lembra que, nessa situação, o profissional costuma ficar mais fechado. Ele não ouve os conselhos dos gestores ou leva as críticas para o lado pessoal. Segundo Adriana Araújo, diretora do IDDEA, instituto que leva seu nome, quando isso acontece, a empresa deve indicar o colaborador para tratamento com um profissional.

    Para evitar a baixa autoestima, empresas e profissionais podem tomar alguns cuidados. Veja abaixo:

    Colaboradores
    • Confiar mais em si
    • Se conhecer melhor
    • Respeitar seu limite
    • Aceitar quem e como é
    • Equilibrar o que se tem e o que se deseja
    • Estabelecer metas e organizar-se para atingir os objetivos
    • Se possível, fazer terapia

    Empresas
    • Realizar avaliações periodicamente, o que permite identificar problemas com o colaborador
    • Promover integração na equipe por meio de reuniões sociais, como happy hour
    • Oferecer palestras com orientações de comportamento para os profissionais

     

    Matéria publicada no site SM por Diego Pinheiro 14/9/2015