• 29 jan 17

Como perdoar a traição?

A infidelidade destrói a autoestima e a confiança do casal e pode acabar com as bases de uma relação.

Por: Olga Tessari
  • A infidelidade tem perdão?

     

     

    Entrevista com © Dra Olga Tessari

     

    Como perdoar uma traição?

     

    A traição é uma das principais causas do fim de relacionamentos.

     

    A infidelidade destrói a autoestima e a confiança dos namorados e pode acabar com as bases de uma relação. Homens e mulheres traem por motivos diferentes, mas ninguém está livre do risco de cometer erros ao longo da vida.

     

    Por que homens e mulheres traem?

    Na maioria das vezes, as pessoas traem quando o relacionamento não atinge suas expectativas. De acordo com a psicóloga e psicoterapeuta Olga Tessari, na maioria das vezes a pessoa trai porque está em busca de algo que o namorado não oferece, quando o diálogo entre o casal não existe mais. A pessoa acaba procurando uma saída aparentemente mais fácil. “O homem também trai para provar sua masculinidade, porque a sociedade espera que ele se mostre assim”, diz Olga.

     

    Como descobrir a traição?

    Se você está há algum tempo com seu companheiro, observe seu comportamento, como não vir para casa no mesmo horário de costume, sumir sem dar notícias, se irritar com você por qualquer coisa. Essas atitudes não são sintomas da traição, mas mostram que alguma coisa não está bem no relacionamento e um dos dois pode acabar traindo. Os homens têm mais dificuldades em descobrir quando estão sendo traídos. Eles não costumam reparar em comportamentos típicos das parceiras. Os homens desconfiam de traição, na maioria das vezes, quando a companheira se nega a fazer sexo com freqüência.

     

    Meu namorado me traiu. Devo perdoar?

    Existe quem jamais perdoaria uma infidelidade e quem prefere nem mesmo levantar a hipótese de ser vítima de uma traição. Saber que foi enganado é sempre uma experiência dolorosa e até mesmo humilhante, já que se põe em jogo valores fundamentais na convivência entre duas pessoas como confiança, respeito e sinceridade. Perdoar ou não depende de cada pessoa ou do tipo de relação existente entre o casal. Muitas mulheres, segundo Olga, perdoam por questões financeiras. “É importante questionar com o namorado porque ele traiu, porque ele foi procurar outra mulher”, diz ela. Ele pode se sentir mal com isso, pode ter sido realmente um acaso. Caso decida perdoar, não relembre o assunto a cada discussão. Usar a traição do namorado como arma em discussões pode colocá-lo contra você e desgastar mais a relação. Não relembre os erros do passado. Se você não consegue superar a traição, o melhor é não perdoar.

     

    Eu traí meu namorado. Devo contar?

    A escolha depende da relação que você tem com seu namorado. “Muitas mulheres procuram meu consultório porque traíram e se sentem mal com isso”, diz Olga, “mas a primeira coisa a fazer é descobrir o porquê da traição”. Se você trai, está a procura de alguma coisa que seu namorado não lhe dá. Pese os prós e os contras de contar a seu namorado que o traiu. Você pode descobrir que foi só uma aventura, que serviu apenas para saber que seu namorado é a pessoa certa. Nesse caso, você pode reconstruir sua relação com algum esforço. Se você decidir contar, o desfecho vai depender de quão importante você é para seu namorado. Muitas vezes o companheiro decide perdoar, mas a traição vai ficar entre vocês dois e atrapalhar o relacionamento.

     

    Ajuda profissional

    Quando se trata de superar uma infidelidade, é melhor buscar ajuda profissional do que o aconselhamento de um amigo ou amiga. Um conselheiro matrimonial pode proporcionar a discrição, naturalidade, neutralidade e experiência necessários para superar o problema.

     

    Visite o site da Dra Olga Inês Tessari: www.olgatessari.com

     

    Matéria publicada no site Terra por Laura Naime em 17/01/2002