Filhos – como agir

Filhos - como agir

Filhos – como agir

Filhos – como agir com eles? Respostas a perguntas comuns dos leitores

Entrevista com Olga Tessari

*as respostas de Olga Tessari estão registradas de acordo com a Lei de Direitos Autorais

Filhos – como agir com eles no dia a dia?

Problema 1: “Ele me desautoriza na frente das crianças”.

Dra Olga Tessari responde: As divergências de opinião e de modos de conduta entre o casal devem ser discutidas e resolvidas bem longe das crianças! E sabe por quê? Quando o pai desautoriza a mãe na frente dos filhos, ela perde a autoridade sobre a criança. Mas não confunda autoridade com autoritarismo, que é algo que jamais deve existir dentro de casa, com nenhum dos filhos.

Quando o marido desautoriza a mãe, o filho cresce pensando que sempre vai conseguir o que quer e, ao entrar na adolescência, ele vai sofrer muito porque no mundo lá fora, na maioria das vezes, ele não vai conseguir o que quer tão facilmente. E esse pode ser o caminho para o jovem enveredar no mundo das drogas, para fugir do sofrimento!

Portanto, mesmo que o pai seja contra alguma atitude da mãe, ele deve apoiá-la incondicionalmente diante dos filhos e discutir com ela suas divergências em outro momento bem longe das crianças!

Problema 2: “Ele não quer me ajudar nos cuidados com o bebê”.

Dra Olga Tessari responde: Pare e pense: será que você está sabendo mostrar ao seu marido a real necessidade que você tem da ajuda dele?

Talvez ele pense que você seja a única responsável pelos cuidados com o bebê ou então talvez ele até queira ajudar, mas você acaba criticando o jeito meio bruto ou desengonçado dele nos cuidados com o bebê, tomando a frente dele e ele acaba desistindo… sabe por que?

Ele pensa da seguinte forma: “se eu ajudo ela reclama e, se eu não ajudo, ela reclama da mesma forma. Então, reclamar por reclamar, prefiro ficar no sofá vendo meu programa predileto, já que ela vai reclamar mesmo!”

Problema 3: “Ele tem ciúmes do nosso filho”.

Dra Olga Tessari responde: Será que você não está dando atenção demais ao bebê e deixando seu marido de lado?

Os bebês pequenos requerem mesmo muita atenção o tempo todo, afinal, eles dependem exclusivamente da mãe para sobreviverem! Mas a mãe deve sempre se lembrar de que os filhos foram feitos para o mundo, para viverem a vida deles!

Um certo dia lá na frente, os filhos irão embora para seguirem a vida deles! E quem é que vai sobrar na casa? Apenas você e seu marido! Lá na frente, quando isso acontecer, como estará o seu relacionamento com seu marido se você só deu atenção à criança e deixou seu marido de lado ao longo do tempo?

Como estará o relacionamento de vocês se desde hoje você não o cultivar? Vale lembrar que antes do bebê aparecer na vida de vocês, seu marido era o centro da sua atenção e, de repente, ele deixou de ser com a chegada do filho, de um dia pro outro. Como ele deve se sentir, já que o reinado dele como marido foi trocado pelo reinado do bebê?

Que tal se organizar para continuar o seu relacionamento com o seu marido, namorar com ele, deixando o filho com uma pessoa de confiança, de vez em quando? É importantíssimo manter momentos a sós com seu marido, momentos em que sua atenção seja somente para ele e mais ninguém!

Saia com o marido, namore, passeie, jante fora com ele! O seu relacionamento com ele vai continuar cada vez melhor, pode ter certeza!

Matéria publicada na Revista Meu Nenê em outubro/2004 por Veridiana Mercatelli

243

Leia o livro Dirija sua vida sem medo

Leia o livro Dirija sua vida sem medo

Um livro para todos aqueles que sofrem com seus medos, ansiedade, estresse, timidez, etc.

Leia o livro Amor X Dor: caminhos para um relacionamento feliz!

Leia o livro Amor X Dor

Um livro que aponta caminhos para ter e/ou manter um relacionamento feliz pela vida afora!

Siga Olga Tessari nas redes sociais: Youtube – Facebook – Instagram – Twitter – Linkedin

Olga Tessari

Olga Tessari, Psicóloga (CRP06/19571), formada pela Universidade de São Paulo (USP), pesquisa e atua com novas abordagens da Psicologia Clínica, em busca de resultados rápidos, efetivos e eficazes, voltados para uma vida plena e feliz. Ama o que faz e segue estudando muito, com várias especializações na área. Também é escritora, autora de 2 livros e coautora de muitos outros. Realiza cursos, palestras e workshops pelo Brasil inteiro. E ela segue atendendo em seu consultório ou de forma online (pela internet) adolescentes, adultos, pais, casais e famílias inteiras que buscam, junto com ela, caminhos para serem felizes, cada um com sua própria definição do que é felicidade!

Deixe um comentário