Prometo ser fiel!

prometo ser fiel

Prometo ser fiel

Por que muitas pessoas não conseguem cumprir com o acordo de serem fiéis uma à outra?

Entrevista com © Dra Olga Tessari

Quais são as razões que levam pessoas comprometidas a enganarem os seus parceiros?

Infelicidade na relação? Ou um desejo incontrolável por alguém?

Um conceito individual e subjetivo. É assim que a psicóloga Olga Tessari define traição. “Algumas pessoas consideram traição apenas se acontecer uma relação física. Há quem se sinta traído ao saber que seu parceiro deseja outra pessoa. Existe até quem não tolere conversas de seus companheiros em salas de bate-papo na internet”, diz.

Na opinião da Dra. Olga Tessari, quando a confiança é abalada ou perdida, ocorreu uma traição.

A especialista explica que os parâmetros para a fidelidade devem ser definidos pelas duas pessoas. Até porque há vários tipos de amor e cada um deles é diferente.

Portanto, segundo a psicóloga, nesse sentido, é possível amar duas pessoas ao mesmo tempo. “Somos monogâmicos e mantemos a crença de que o amor entre um casal é um só, o que não é verdade, pois, em várias outras culturas, existe a poligamia.”

Prometo ser fiel!

Monogamia, aliás, tem sido objeto de estudo de cientistas da Universidade da Flórida. Eles acabam de atestar que, quando se pensa em amor, o cérebro humano (mais especificamente a região do neocórtex) passa a repelir pessoas muito atraentes, ou seja, aquelas com mais chances a levar alguém a praticar adultério.

Ainda de acordo com a pesquisa, entre os homens, esse mecanismo antitraição é quatro vezes mais forte do que nas mulheres.

Homens X Mulheres

Mas será que os motivos que levam um homem a trair são os mesmos que levam uma mulher à traição? A Dra. Olga lembra que, no mundo animal, os machos têm necessidade de copular o maior número de fêmeas para preservar a espécie. E já que os homens são animais, daí pode haver o seu interesse apenas sexual por várias mulheres.

“Os motivos mais comuns do homem trair costumam ser sexuais e aventureiros, pelo simples motivo de conquistar uma mulher. No caso da mulher, sua traição envolve afeto: em geral, ela trai quando não tem suas necessidades afetivas correspondidas pelo parceiro”, detalha a psicóloga. Para saber mais: www.olgatessari.com e @ajudaemocional (twitter)

Quem trai sempre se trai

Há uma série de sinais no comportamento do parceiro que podem evidenciar a existência de uma possível traição:

• irrita-se e fica estressado com facilidade ou, então, se torna mais amável do que o habitual

• tem crises excessivas de ciúme

• começa a dizer que precisa de um espaço só dele, sendo que, antes, o casal fazia tudo junto

• vai sozinho às reuniões com os amigos, algo que antes era feito a dois

• procura pegar as contas antes que alguém as veja, com medo de que descubram seus gastos com celular, cartão de crédito, etc…

• aumenta seu interesse pela aparência, muda seu estilo e compra roupas novas

• sai de casa mais arrumado para fazer coisas banais como ir à padaria, por exemplo

• passa a trabalhar até bem mais tarde e vai a reuniões no final de semana

• nunca atende seus telefonemas e, na sua companhia, tem sobressaltos quando o celular toca e atende a chamada longe de você

• passa a chegar atrasado aos compromissos familiares

• acha tudo muito caro e quer economizar dinheiro

• está sempre ocupado e cansado ou passa a ter um apetite sexual voraz

Matéria publicada no site da novela “Páginas da Vida” da Rede Globo em setembro/2006

Faça o Teste para saber se você está sendo traído(a) ou não!

T6-580

Leia o livro Dirija sua vida sem medo

Leia o livro Dirija sua vida sem medo

Um livro para todos aqueles que sofrem com seus medos, ansiedade, estresse, timidez, etc.

Leia o livro Amor X Dor: caminhos para um relacionamento feliz!

Leia o livro Amor X Dor

Um livro que aponta caminhos para ter e/ou manter um relacionamento feliz pela vida afora!

Siga Olga Tessari nas redes sociais: Facebook – Youtube – Instagram – Twitter – Linkedin

Olga Tessari

Olga Tessari, Psicóloga (CRP06/19571), formada pela Universidade de São Paulo (USP), pesquisa e atua com novas abordagens da Psicologia Clínica, em busca de resultados rápidos, efetivos e eficazes, voltados para uma vida plena e feliz. Ama o que faz e segue estudando muito, com várias especializações na área. Também é escritora, autora de 2 livros e coautora de muitos outros. Realiza cursos, palestras e workshops pelo Brasil inteiro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *