Traição dentro da família

Traição dentro da família

Traição dentro da família

E quando a traição ocorre dentro da família?

Entrevista com Olga Tessari

Ser passado para trás!

Ser passado para trás por uma amiga é difícil. Imagine se quem faz isso com você é alguém de dentro da sua casa.

Já pensou? Mais Feliz ensina a resolver essa situação adversa.

Que o casamento de Olívia – interpretada por Ana Paula Arósio – com Sílvio, Edson Celulari não vai nada bem na telenovela Páginas da Vida, todo mundo já sabe! Mas, ser traída pela própria irmã é que vai ser uma surpresa.

É sim! Márcia, na pele de Helena Ranaldi, dormirá com Sílvio. Acha um absurdo alguém do seu sangue passar por cima dos seus sentimentos dessa forma? Saiba, que é mais comum do que imagina.

Traição em família – Motivos

Existem diversos motivos que levam a traição em família, principalmente, entre irmãs.

De acordo com a psicóloga e psicoterapeuta, Olga Tessari, de São Paulo, é difícil definir exatamente o que leva uma pessoa a ter esse comportamento pois cada pessoa tem as suas próprias razões para isso, mas, geralmente a competitividade é uma das maiores causas.

“Muitas crianças são tratadas de formas diferentes pelos pais e assim, eles criam, sem querer um ambiente de conflitos e de disputas entre os filhos”, disse Olga Tessari.

“Isso pode acontecer quando o pai ou a mãe privilegiam um filho em detrimento do outro, gerando uma disputa do filho não privilegiado que passa a querer provar que pode ser tão bom quanto o irmão queridinho pelos pais, competindo o tempo inteiro, explica Olga Tessari.

As mulheres já têm uma característica mais aguda quando o assunto é competição ou se sentem ameaçadas, mesmo que pela irmã, e recorrem a provações como “roubar” o namorado da outra e assim, tentam mostram todo seu poder.

Agora, se você tem um bom relacionamento com a sua mana e, por um acaso da vida, se apaixonou pelo gato dela e ele por você, a dica é: bata um papo sincero com ela. Jamais esconda da sua irmã que você está afim do namorado dela e vice-versa. Seja verdadeira e explique que nunca teve nada com ele, mas que não queria esconder isso de uma pessoa tão importante como é a irmã.

E, quando o caso é mais grave, e é sua mãe que está tentando fisgar o gatinho para provar para ela mesma que ainda é uma mulher sedutora mesmo com a idade já avançada ou, em muitos casos, ela está mesmo querendo competir com a filha para provar a si mesma que é melhor do que a garota, aí a situação se torna muito mais complicada.

“Muitas mães não aceitam envelhecer e querem provar para si mesmas que são capazes de conquistar um garoto mais novo. Também há mulheres que, por vários outros motivos, competem o tempo todo com a filha e se acham no direito de conquistar o gatinho dela”, disse Olga Tessari.

“Às vezes, quando a mulher quer a todo custo melhorar a sua autoestima e provar para si mesma que é capaz de qualquer coisa, ela esquece o respeito, só pensa em si mesma e acaba gerando conflitos desnecessários com a filha”, ressalta Olga.

Por isso, antes de mais nada, é preciso conversar com quem está querendo tomar o seu amor de você, seja a mãe, seja a irmã. É preciso resolver essa questão antes que a atitude delas ponha em risco o seu relacionamento tanto com seu amor como com elas. Afinal, família é para sempre e é preciso manter um bom relacionamento com todos!

Matéria publicada na Revista Mais Feliz, Numero 210 – 01-Dez-2006, por Marina Mantovanini

142

Leia o livro Dirija sua vida sem medo

Leia o livro Dirija sua vida sem medo

Um livro para todos aqueles que sofrem com seus medos, ansiedade, estresse, timidez, etc.

Leia o livro Amor X Dor: caminhos para um relacionamento feliz!

Leia o livro Amor X Dor

Um livro que aponta caminhos para ter e/ou manter um relacionamento feliz pela vida afora!

Siga Olga Tessari nas redes sociais: Facebook – Youtube – Instagram – Twitter – Linkedin

Olga Tessari

Olga Tessari, Psicóloga (CRP06/19571), formada pela Universidade de São Paulo (USP), pesquisa e atua com novas abordagens da Psicologia Clínica, em busca de resultados rápidos, efetivos e eficazes, voltados para uma vida plena e feliz. Ama o que faz e segue estudando muito, com várias especializações na área. Também é escritora, autora de 2 livros e coautora de muitos outros. Realiza cursos, palestras e workshops pelo Brasil inteiro. E ela segue atendendo em seu consultório ou de forma online (pela internet) adolescentes, adultos, pais, casais e famílias inteiras que buscam, junto com ela, caminhos para serem felizes, cada um com sua própria definição do que é felicidade!

Deixe um comentário