Namorada ciumenta

namorada ciumenta

Namorada ciumenta

Quando a namorada sente ciúme das outras mulheres…

Entrevista com Olga Tessari

O ciúme da sua namorada pode sabotar suas melhores amizades femininas.

“Quanto mais insegura ela for, mais inimigas na sua mente ela terá”, alerta a psicóloga Olga Tessari, de São Paulo.

Para manter uma relação com uma namorada ciumenta, é preciso ter jogo de cintura e segurar a onda de sua parceira diante destas figuras:

1. A colega gostosa

Por que ela se incomoda: sua sexy companheira de escritório tem acesso irrestrito à metade de seus dias úteis e sua garota teme que isso possa incitar um romance. Acalme seus ânimos: faça um tour com sua namorada pelo escritório, apresente-a aos colegas e leve-a até sua mesa, onde tem uma foto dela.

2. A amiga da faculdade

Por que ela se incomoda: você passou quatro anos alcoólicos e sexualmente intensos com essa garota. Sua namorada pensa que é o tipo de amiga que vai fazer sua cabeça e levá-lo para a balada. Acalme os ânimos: pinte a amiga como um mascote, não um interesse romântico. Convide sua garota para encontros da faculdade. Ela verá que a fofa se encaixa na categoria “como-uma-irmã”.

3. A matriarca

Por que ela se incomoda: sua namorada se sente ressentida pela necessidade de impressionar sua mãe. Sem falar que sogra dá palpite. Acalme os ânimos: uma quer ganhar a aprovação da outra, o que pode levar a inseguranças. Um encontro com um pouco de álcool vai derreter eventuais obstáculos.

4. A espertinha das redes sociais

Por que ela se incomoda: você se declarou comprometido no perfil. Mas ela não acredita que isso espante as raposas da sua lista. Acalme os ânimos: deixe que ela finque uma bandeira no seu mundo digital e coloque-a no topo da sua lista de amigos.

5. A gata da academia

Por que ela se incomoda: ela é solteira e exala sensualidade nas inofensivas conversas pós-treino. Acalme os ânimos: dê uma de cupido e apresente a moça a um amigo. Encare os fatos: você já era!

Namorada ciumenta

Olga Tessari escreve:

“Pessoas ciumentas costumam ser inseguras, dominadas por seus medos e com baixa autoestima, embora possam ser pessoas maravilhosas quando a insegurança não está presente.

Isso acontece porque a pessoa vivenciou situações em sua história de vida no passado que contribuíram para diminuir sua autoestima e elevar a sua insegurança ou, então, você colabora, de alguma forma, para que ela se sinta insegura na relação entre vocês.

Se sua namorada ciumenta continuar com o ciúme, depois de você seguir todas as orientações acima, é necessário que ela procure a ajuda de um(a) psicólogo(a) para acabar com esse ciúme doentio.

E sabe por que?

Vai chegar uma hora em que você não vai aguentar as crises de ciúme dela, a vigilância extrema e a desconfiança de tudo e qualquer coisa que você faça ou deixe de fazer!

Com o tempo, as atitudes dela vão colaborar para que a relação e os bons momentos entre vocês se tornem cada vez mais raros! Brigas e discussões tomarão conta do dia a dia entre os dois!

E você vai se irritar cada vez mais com a vigilância e desconfiança dela, sem entender porque ela desconfia de você se você procura não dar motivo algum para que ela desconfie de nada!

E, por fim, extremamente irritado, cansado e cada vez mais desiludido porque não consegue acabar com o ciúme dela, deixando de fazer muitas coisas para evitar o ciúme dela e até se anulando de várias formas, por mais que você ame sua namorada ciumenta, você vai preferir ficar em paz e vai acabar com o namoro”.

Publicada na Revista Mens Health – Editora Abril em março/2009

Leia mais textos sobre ciúme aqui

607

Siga Olga Tessari nas redes sociais: Facebook – Youtube – Instagram – Twitter – Linkedin

Siga Olga Tessari nas redes sociais: Facebook – Youtube – Instagram – Twitter – Linkedin

olga_tessari
Olga Tessari

Psicóloga (CRP06/19571), formada pela Universidade de São Paulo (USP), pesquisa e atua com novas abordagens da Psicologia Clínica, em busca de resultados rápidos, efetivos e eficazes, voltados para uma vida plena e feliz. Ama o que faz e segue estudando muito, com várias especializações na área. Consultora em Gestão Emocional e Comportamental, também atua levando saúde emocional para as empresas. Escritora, autora de 2 livros e coautora de muitos outros. Realiza cursos, palestras e workshops pelo Brasil inteiro e segue atendendo em seu consultório ou online adolescentes, adultos, pais, casais, idosos e famílias inteiras que buscam, junto com ela, caminhos para serem felizes! Saiba mais