• 05 fev 17

Semelhanças entre pais e filhos

Pai egoísta, filho egocêntrico! O exemplo ensina mais que mil palavras!

Por: Olga Tessari
  • Semelhanças entre pais e filhos

     

    Semelhanças entre pais e filhos são muito comuns!

     

    Entrevista com © Dra Olga Inês Tessari

     

    Cuidado: pais egoístas, filhos egocêntricos!

    Lulu fez aniversário e ganhou uma caixa de lápis de cor. No dia seguinte, empolgou-se a desenhar com eles e uma coisa quebrou aquele clima de felicidade: o primo quis participar da brincadeira e, para o desespero de Lulu, brincar com os maravilhosos lápis de cor. Ela não quis. “Os meus lápis de cor são só meus!”, disse.

    Lulu é personagem de um dos recentes livros da escritora Ruth Rocha, que fala de uma atitude típica da faixa etária dos 3 aos 5 anos. E nada de dizer que a criança é egoísta. O termo apropriado é “egocêntrico”.

    “O adulto é egoísta. Ela não. Não que ela não queira emprestar, mas, como é voltada somente para si desde bebê, não sabe dividir”, diz a professora e coordenadora de educação infantil, Cecília Martins de Oliveira Abreu. E mais: pode ser que, cinco minutos depois, a criança queira dividir o brinquedo numa boa. Cabe aos pais dar o exemplo em casa.

    “É importante emprestar as coisas às crianças, pedindo cuidado. E, antes de pegar algo delas, também pedir emprestado”, afirma a psicóloga Olga Inês Tessari. Forçar a barra não adianta. “Senão, ela só vai deixar o outro usar para satisfazer o adulto.”

     

    Isso funciona…

    • Brincar junto e incentivar a dividir não só brinquedos.

    • Nada de brigar, fale com calma: “Acho que você consegue emprestar só um pouquinho”. Se a criança disser não, respeite e retome o assunto mais tarde.

    • Crie a cultura do empréstimo em casa, com exemplos entre adultos e crianças.

     

    Matéria publicada na Revista Crescer por Anna Costa