TPM – Tensão pré-menstrual

TPM - Tensão pré-menstrual

TPM – Tensão pré-menstrual

TPM, a Tensão Pré-Menstrual das mulheres, pode ser a causa de muitos conflitos.

Entrevista com © Dra Olga Tessari

TPM é uma variação hormonal

O balé dos hormônios no corpo feminino algumas vezes apronta das suas e deixa as mulheres pra lá de descabeladas. malucas mesmo.

Quando essa oscilação típica do ciclo reprodutivo feminino fica muito exacerbada, pode-se desencadear a inconfundível tensão pré-menstrual ou TPM.

Resultado: nos dias que antecedem a menstruação, a sensibilidade está à flor da pele e os acontecimentos corriqueiros deflagram verdadeiras bombas emocionais, causando tristeza, irritação, nervosismo e claro, muitas brigas, discussões e conflitos com a família.

O que a mãe deve fazer diante do período da TPM – Tensão Pré-menstrual?

A psicoterapeuta e psicóloga Olga Tessari, de São Paulo, recomenda que, nessas ocasiões de TPM, a mãe deve ter o cuidado de comunicar a todos da família o que está sentindo. Afinal, ninguém é obrigado a adivinhar seu estado emocional.

Porém vamos com calma: não precisa gritar ao mundo que você está com tensão pré-menstrual – algo que é mais comum do que muita gente imagina. Basta avisar apenas as pessoas próximas (marido, filhos, empregadas, sogras, colegas de trabalho) que você não está bem e contar com a compreensão delas.

Outra atitude de efeito prático é fugir de situações que podem piorar o humor, que tanto oscila no balanço da TPM. “Se estiver deprimida, evite o isolamento ou mesmo redobre os cuidados com a aparência”, sugere Mara Pusch, psicóloga e professora da Universidade Federal de São Paulo. Tudo para se sentir bem consigo mesma.

Por falar em humor, nessas horas é fundamental contar com a ajuda do parceiro. Não há ninguém melhor que ele para informar sobre como seu estado de espírito muda no período pré-menstrual. Com base nessa convivência solidária, surgem outras soluções bastante práticas.

“Se o pico de irritação costuma vir à noite, a mulher pode pedir para o marido colocar os filhos para dormir e, assim, evitará se sentir nervosa nesse horário”, aconselha Angélica Capelari, professora da Universidade Metodista de São Paulo.

Caso o humor piore pela manhã ou à tarde, basta seguir o mesmo raciocínio. “Se for na hora do almoço, o parceiro pode inclusive dar a comida para a criança”, sugere a psicóloga.

Acredite: esses simples cuidados vão representar um alívio para mãe com TPM, principalmente se a criança está na fase de fazer birra para comer ou não aceita dormir no horário estipulado.

Matéria publicada no Site Bebê Ed. Abril por Carolina Chagas, com Michelle Veronese

548

Leia o livro Dirija sua vida sem medo

Leia o livro Dirija sua vida sem medo

Um livro para todos aqueles que sofrem com seus medos, ansiedade, estresse, timidez, etc.

Leia o livro Amor X Dor: caminhos para um relacionamento feliz!

Leia o livro Amor X Dor

Um livro que aponta caminhos para ter e/ou manter um relacionamento feliz pela vida afora!

Siga Olga Tessari nas redes sociais: Youtube – Facebook – Instagram – Twitter – Linkedin

AVISO! É proibida a cópia ou reprodução parcial/integral do conteúdo desse site em qualquer formato e em qualquer lugar, seja para uso comercial ou não, editorial, impresso, canal, blog, site ou rede social. Para compartilhar, use o link ou os botões de compartilhamento. A cópia sem autorização é crime sujeito às penas da lei: não seja o próximo a ser processado judicialmente! (Inciso I Artigo 29 – Lei 9610/98). Solicite sua autorização: clique aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *